Review Trilha do Gravatá – Praia Secreta

13.09.2017

Esta é uma trilha de aproximadamente 4,5 km, o destaque está nos seus inúmeros pontos de observação, mirantes, paredões de pedras enormes e o seu visual incrível. No geral considero o nível de dificuldade de todo o trajeto (Gravatá e Praia Secreta) moderado, porém é preciso ficar atento, pois alguns trechos são íngremes e com muitas pedras escorregadias.

A praia do Gravatá abriga uma pequena vila de pescadores e recebe este nome devido a grande quantidade da planta Eryngium horridum, chamada popularmente de Gravatá.

A Praia Secreta é um daqueles lugares na ilha ainda desconhecidos, intocados, desertos e lindos, ideal para ver o nascer do sol, relaxar, pescar, caminhar, em fim, uma série de atividades que o objetivo seja curtir o visual.

O trecho que liga o Gravatá a Praia Secreta, ou vice-versa, tem aproximadamente 1,5 km e apesar de ter uma subida mais forte no começo de ambos os inícios de trilha, você caminha quase sempre pela crista do morro. Caminhe sempre pela trilha mais aberta, tem alguns caminhos alternativos, mas quase sempre levam a algum ponto de observação ou ao costão.

 

Dados Importantes:

As duas trilhas começam em locais diferentes, porém próximos, então vou determinar como ponto de referência o Bar do Boni, que fica na avenida das rendeiras. O ponto de início das duas trilhas fica a cerca de 800 metros dessa referência.

Se você partir do terminal de integração TILAG, terá mais opções de ônibus (840 – TICAN- TILAG e 360 – Barra da Lagoa), a partir do terminal de integração TICAN, pegue o 840 – TICAN – TILAG.

Se você for começar a trilha pela Praia Secreta, tem ainda a opção de ônibus 363 - Joaquina, este você pega no terminal de integração TILAG e te deixa bem na no começo da trilha, basta pedir para saltar no Basílio Lanches (Serv. João José Correia da Silveira) ou no beco dos surfistas.

Praia Secreta

A trilha começa na Serv. João José Correia da Silveira, logo no começo tem uma subida íngreme. Ao fim desta servidão a rua faz uma curva forte à direita e do lado esquerdo, no fim da servidão tem uma casa, exatamente depois dessa casa a esquerda começa a trilha.

Uns 150 metros depois a trilha acaba em uma cerca, atravesse-a e retome a trilha do outro lado de um pasto, onde tem uma passagem.

Logo após esta passagem, ainda na subida, existe uma bifurcação, pegue o caminho da direita para ir a Praia Secreta. O caminho da esquerda é a trilha que vai te levar para a Praia do Gravatá, ou seja, se você quiser ir para o Gravatá por este caminho, marque esta bifurcação, pois você terá que voltar até este ponto e retomar a trilha.

Esta trilha tem uma particularidade, apesar de curta, tem uma série de outros caminhos de pescadores e trilhas que vão para outros lugares, por tanto é preciso estar concentrado ou ir acompanhado de guia (sugiro).

Logo à frente você começa a descer o morro e já ouve o barulho do mar. Você só vai observar a praia quase no final da trilha e a visão é espetacular.

A praia tem fundo de pedra, portanto não é aconselhável entrar na água pra tomar banho, muito perigoso.

Gravatá

Se você optar por começar a trilha pelo Gravatá, dirija-se a Rod. Jorn. Manoel de Menezes, número 344.

O número 344 fica quase no alto do morro que dá acesso a Praia Mole, de quem vem da Avenida das Rendeiras, próximo a uma placa dá Parapente Sul. O começo da trilha fica ao lado da entrada da casa número 344 e parece uma via concretada, não se engane é ali mesmo.

No alto do morro, após aproximadamente 10 minutos você alcança a rampa para decolagem de asa delta e parapente de onde é possível visualizar a Praia Mole a frente, e mais ao fundo a praia da Galheta.

Chegando a pequena praia do Gravatá, você pode pegar a trilha no canto direito e subir até o alto do morro, além do visual incrível, você vai visualizar o costão esquerdo da Joaquina e contemplar o lindo costão da própria praia do Gravatá, Praia Mole e Galheta, a sua esquerda.

Considero o nível de dificuldade desta primeira etapa da trilha fácil, apesar de ter uma subida forte no começo. Em toda a sua extensão apresenta muitas pedras, sugiro o uso de bastões de caminhada, bons tênis ou botas para evitar escorregões e tombos.

Para seguir em direção a Praia Secreta, a entrada da trilha está um pouco escondida, fica um pouco antes de chegar a praia do Gravatá, na descida do morro, a direita, logo após uma nascente de água. Sugiro perguntar, usar um GPS ou ir acompanhado de alguém que conheça a trilha, ou guia.

É importante levar água, apesar de ter duas nascentes no meio do percurso, não conheço a procedência da água.

Sugiro que conversem com os pescadores da comunidade do Gravatá, eles tem muitas historias e informações do local para trocar com turistas, são hospitaleiros e gostam de um bom papo.

Ao nascer do sol é possível avistar as lontras, se você tiver um pouco de sorte.

 

Avenida das Rendeiras

Ao retornar de sua aventura, você pode desfrutar de um bom descanso na avenida das rendeiras, o local é deslumbrante, tem uma orla com vários bares, restaurantes, artesanato e é banhado pela Lagoa da Conceição e Costa da Lagoa, onde você pode tomar banho e praticar uma série de esportes aquáticos como stand up paddle, kitesurfe, ate mesmo passeios de barco e uma infinidade de outras atrações.  

 Boa trilha!!!

 

ARQUIVO PARA GPS (.GPX) - WIKILOC  

                                                                                                                                              

 

REGISTROS FOTOGRÁFICOS

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now