Trilha Pico do Tabuleiro (Palhoça - SC)

22.12.2016

Com um visual especialmente belo, esta é uma trilha que exige do aventureiro um certo preparo físico devido ao seu alto grau de dificuldade, porém a paisagem que o espera no alto dos 1240 metros de alttiude, fazem valer todo perrengue que é finalizar esta trilha.

Dados Importantes

Para chegar a esta trilha é preciso pegar o ônibus da Autoviação Imperatriz, linha “Caldas”. Para chegar ao começo da trilha você deve pedir para saltar no “Café do Tabuleiro”. De carro você entra a esquerda no trevo de Águas Mornas (sentido Florianópolis – Lages) e entra na ponte logo a seguir, à direita e segue por uns 2 km até achar o Café do Tabuleiro. Mais ou menos uns 300 metros depois do Café tem um pequeno portal, que é de um condomínio.

A entrada da trilha é dentro desse condomínio, quase no final da rua, antes um pouco, a direita da ultima casa. Ou, no próprio Café do Tabuleiro tem uma indicação de uma entrada para a trilha. O nome da proprietária é Claudia, muito simpática e oferece uma ótima opção de refeição, tanto para antes como para depois da trilha.

A melhor opção para não ter problemas é conversar com os moradores e perguntar pela trilha, são pessoas super gentis. A primeira parte do caminho é bem aberta, logo no topo da primeira subida há uma bifurcação, neste ponto pegue o caminho da esquerda. Subindo mais um pouco você encontra um casebre, nesse ponto pegue o caminho da direita.

Um pouco depois você vai encontrar um descampado onde o terreno é um pouco encharcado, nesse ponto tem um pequeno córrego onde deve-se coletar água, pois é o único ponto de abastecimento que encontrei em toda a trilha.

Depois desse ponto é só seguir a trilha, não têm mais bifurcações, porém a trilha praticamente só sobe, em alguns pontos você consegue ver o trilho no chão com tranquilidade, porém a parte arbustiva é bem fechada, sugiro ir acompanhado de guia ou no mínimo de alguém que já tenha feito a trilha. O quarto final da trilha é muito íngreme e úmido, guarde os bastões e prepare-se para a escalaminhada.

A trilha tem aproximadamente 9 km, levei em passos relativamente rápidos, 5 horas para subir, contando com as quatro rápidas paradas.

O nível de dificuldade é difícil. Leve bons equipamentos (mochila e tênis no mínimo) e um bom facão, em alguns momentos a trilha fecha um pouco. O bastão de caminhada ajuda bastante na subida, porém na descida você praticamente não usa.

Dica: Vá o mais leve possível, planeje bem a questão da alimentação e água, pois cada grama a mais fará a diferença.

Dica: Leve uma lanterna de cabeça, a trilha é longa pode se estender mais que o planejado.

 

Boa trilha!!!     

                                                                                                                                                                                                        

 

ARQUIVO PARA GPS (.GPX) - WIKILOC  (EM BREVE)

                                                                                                                                              

 

REGISTROS FOTOGRÁFICOS

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now